sexta-feira, 11 de junho de 2010

Nossos sentimentos

Talvez você diga que
eu sou um sonhador
Mas não sou o único
Desejo que um dia
você se junte a nós
E o mundo, então, será como um só.
(John Lennon)
 
Hoje:

- O que te impede de ser feliz?
- Eu sou feliz. O estranho é a beleza e o prazer que sinto na dor e na tristeza e até nisso eu sou feliz!
Depois dessa pergunta gastei uns 47 minutos pensando no assunto.

Estou na melhor fase da minha vida... Eu consigo ver coisas boas aonde quase ninguém vê. Nada me impede de ser feliz, porque a felicidade está onde eu estou, ela caminha comigo e pede atenção até quando me vejo sem saída.

Experimente viver cada sentimento, vê-los como crianças chamando atenção e então deixará de vê-los como inimigos, descobrirá que você é humano e que tem todo direito de, por exemplo, ser egoísta... simplesmente porque egoísta não é tudo que você é.

Cada vez que o sol se põe nós temos a oportunidade de nascer um pouquinho diferentes... Se sou ciumenta demais, combinei com meu ciúme que darei a ele só 10 minutos do meu dia, e ele gentil que é, ás vezes nem aparece pra buscar esse tempo. Um dia desses me dei o direito de sentir ódio de uma pessoa, durante alguns dias eu odiei tanto que queria que ela morresse... até que meu ódio cansou,deu lugar à pena,que foi embora deixando só a tristeza...até não restar nada,só a saudade do abraço seguro que nunca mais terei.

Podemos nos transformar, nos purificar, porque no fim os sentimentos ruins estarão em harmonia com nossa vida...
Ninguém merece sofrer com nossos problemas,
Ninguém pode pagar nossas lágrimas, nós somos os responsáveis pelo que acontece!
Nós é que deixamos a raiva nos dominar e perdemos a oportunidade de ficar calados!
Nós é que deixamos o ciúme assumir nossos atos e aprisionamos pessoas que estão conosco por amor e não por obrigação!
Nós é que calamos quando deveríamos gritar!
Deixamos alguém nos chamar de filho da puta porque agimos como tal!
Morremos de pena de nós mesmos porque não temos um carro, e esquecemos que tem gente que não tem comida!
Valorizamos quem nos maltrata porque adoramos nos sentir vítimas da situação!

É irracional!Não suporto ver alguém reclamando da própria vida e agindo da mesma maneira todos os dias. Todo mundo sabe que não se pode mudar os outros, mas continuam tentando ao invés de mudar a si, porque são covardes demais, porque a mudança causa muita, muita dor e medo! Aprenda a amar sua dor,seja amigo do seu medo,faça o que você julga correto e veja tudo ao seu redor mudar.

Imagine como seria o mundo se amassemos o próximo como a nós mesmos...
É por isso que não me sinto impotente... porra...eu estou aqui,e quer saber? Eu amo tanta gente que não me ama.
O que eu sinto não é exatamente prazer na dor e na tristeza, o que eu sinto é que estou viva... O que me incomoda mesmo é a ausência de sentimentos. Não, eu não sou masoquista, o que eu quero mesmo é ser feliz, mas convenhamos ninguém é “feliz” o tempo todo, e enquanto as pessoas “afogam” suas mágoas, mascaram sua tristeza, eu as deixo tomar conta de mim.

Minha dor é na medida. E justamente por eu respeitar tanto meus sentimentos é que eles não me atrapalham mais, eu dou a eles o tempo de que precisam, eu os domino e não o contrário. Há algum tempo atrás decidi me tornar rainha de mim, e ninguém reina se o povo não for respeitado e ouvido.
Eu não tenho medo de amar, de gritar, de me apaixonar. Já não preciso mais fingir ou me calar.

Se eu me arrependo das coisas que já fiz?
Muito, mas se eu voltasse no tempo teria que fazer tudo de novo, pois tudo que passou me transformou em quem sou e eu me amo muito.

E aí? O que te impede de ser feliz?

Um comentário:

Carpe Diem,Tempus fugit.