sábado, 2 de outubro de 2010

Contido e Moderado


Escuto nitidamente o ruído da chave virando na fechadura.
É a primeira vez que o silencio me incomoda tanto.

Meus passos fazem barulho demais.

Silencio.

Inacreditável.
Sai de casa pra ver se era real,
É que às vezes acho que fiquei louca.

Silencio.
Você acreditaria se eu te contasse que já faz quatro horas que não passa um carro nessa avenida?
Qualquer coisa me incomoda.


Sim, senhor, eu apago esse cigarro, entendo sim...
Eu também não conseguiria dormir com o barulho da chama.

Minha respiração vai acordar a vizinhança!
Eu não queria causar nenhum transtorno...
Desculpe-me
Desculpe-me...
Eu posso parar se vocês quiserem.

Sim, senhor, entendo....Meu coração bate alto demais mesmo...

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Roleta russa


E se eu fosse embora?
Quanta falta eu faria na sua vida?

O medo da resposta me consome de tal forma que não ousaria perguntar.
Nunca o fiz.
Cada perda é como morrer várias vezes. Alguém vai lembrar-se de você sempre. Ou não. Esse menino narciso não dá uma trégua.

O ciclo recomeça. A vida segue boa. E um dia qualquer alguém vai embora de novo, quase como se aquilo fosse destino,como se um Deus dissesse que você tem que aprender algo com aquilo. Pode até ser exagero, pode soar engraçado, e pode ter tanta gente que não tem ideia do que estou falando.

Bom, não importa... Dói tanto, que simplesmente prefiro que não me digam se farei falta.
E é claro que dói mais em mim, se você entender que sou um pássaro que desejou a vida inteira ser uma árvore.

terça-feira, 13 de julho de 2010

O que mais você quer?

Há momentos como esse todos os dias:
Assustadores, em que estamos tão felizes, e tudo vai tão bem que se chega a duvidar...
E essa duvida nada mais é do que a impotência diante do que não se pode manter para sempre.

Por isso, eu que já achei que não merecia tanta felicidade, só espero o próximo instante se consumir em alegria, tristeza ou perfeição. O dia de amanhã não cabe a mim escrever, vivo um pouco do passado, sorrio agora amando o presente. Sem ansiedades, sem rótulos, sem o medo de ser feliz.

Todos nós merecemos isso, e vejo tanta gente perder segundos preciosos tentando arrumar motivos ou defeitos, usando a máxima “é bom demais pra ser verdade”, é bom demais uma porra, eu já passei momentos terríveis, mereço ter a certeza que isso é real, que é pra mim!

Mereço ver as horas passarem rápido demais, a euforia, e essa segurança absurda de saber que a tua boca guarda beijos tão doces.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Mentiras Sinceras


"Como ciumento sofro quatro vezes: porque sou ciumento, porque me reprovo de sê-lo, porque temo que meu ciúme machuque o outro, porque me deixo dominar por uma banalidade: sofro por ser excluído, por ser agressivo, por ser louco e por ser comum".
Roland Barthes


Que atire a primeira pedra aquele que não quer ser especial. Quem de nós ousaria recriminar aquele que quer ser o primeiro, o melhor, único na vida de alguém. Quem não se derrete ao ouvir que “aquela” pessoa nunca sentiu nada igual por ninguém.

Mentiras sinceras para serem boas, têm também que ser “verdade”. Verdade, nem que seja naquele momento. É meio estranho ouvir as pessoas reclamarem, dizerem que querem a verdade, ninguém quer ouvir 100% de verdade:

- Oi amor, como foi seu dia?
-Foi ótimo, sabe aquela minha ex-namorada modelo? Encontrei com ela vindo pra casa, continua gata, ela deu em cima de mim, até mexeu comigo, mas achei melhor vir pra casa, pensei na gente.

Depois dessa conversa a garota está tremendo e babando, ela ainda não conseguiu dizer nada porque está vasculhando o ambiente em busca de qualquer objeto cortante. É isso, ninguém quer 100% de verdade, o que ela gostaria de ouvir:

- Oi amor, como foi seu dia?
-Foi ótimo, sabe aquela minha ex-namorada modelo? Encontrei com ela vindo pra casa.
- Ela ainda é bonita?(Desconfiada)
-Nem reparei.

Queremos saber ou não?

Não sei mais. Dói tanto. Ideal, ideal mesmo é ter alguém fiel e que não olhe pros lados. Impossível, eu mesma seria hipócrita se dissesse que nunca pensei, que nunca olhei.
Não fazer é a parte mais fácil, pior é sentir, é querer, é se julgar, é ter a certeza que tem algo errado e ser incapaz de saber o que. Ao mesmo tempo em que o ciúme tem um lado muito ruim, ele se faz necessário.

O que seria da nossa vida se todos dissessem só a verdade sobre tudo? Acredito em algo que chamo de “sofrimento gratuito”, algumas coisas não precisam ser ditas, simplesmente porque o valor delas é insignificante perto do que elas podem causar na alto-estima de alguém, você não precisa dizer pra sua parceira que acha a Carol Castro gostosa se isso for fazer ela se sentir um lixo e coisas que causam sofrimento gratuito são muito relativas.

Quanto a mim, não sei se mentiras sinceras me interessam.

"Para que um bom relacionamento continue e seja agradável, é preciso não apenas suspeitar prudentemente, como ocultar discretamente a suspeita".
Stendhal

terça-feira, 15 de junho de 2010

Dia dos namorados












Minha aquariana amada, não sei como seria minha vida sem suas risadas e sem te ver pedindo comida o tempo todo... 






Eu só sossego quando ela fica feliz.
Eu amo tanto porque ela é minha irmã,
minha cara-metade feminina,
É o bom dia que eu não sei dar,é o meu bom humor quando raia o dia
e é ela que tem minha voz quando preciso pedir desculpas e não consigo.
Ela é o pedacinho que me completa.
É eterno porque é amizade,é amor,é de outras vidas. 

A gente sempre brinca que namora e já faz quatro anos, tem até gente que acredita, mas você não poderia ter definido melhor: Em se tratando de confiança, amor, respeito, sim, nós namoramos porque somos melhores amigas... mas não, eu não transo com ela. E é por aí mesmo, já diz o ditado que amor sem sexo é amizade.

Passou mais um dia dos namorados e mesmo tendo que dar atenção ao seu namorado (de verdade!) você não esqueceu de mim, não esqueceu que sou uma canceriana bobona que adora corujas... naquele dia fiquei pensando em como um bichinho do meu tamanho pode conter tanto amor...em como os presentes podem eternizar os momentos até mais que uma foto,a Ellie é uma coruja gorda tão amada quando o Cleopaucius,ela leva consigo o carinho de duas irmãs.

E um dia,quando minha alma se for,minha filha vai encontrar essa corujinha e lembrará a importância de se ter amigos que transmitem seu amor a qualquer coisa em que tocam.
Obrigada amiga. Te amo muito.

Porque eu fiz esse post se poderia simplesmente falar?
Você sabe que meu blog é a voz das coisas que não consigo dizer, é minha válvula de escape, é a liberdade de expressar minhas fantasias e de deixar voar minha imaginação ;)

terça-feira, 18 de maio de 2010

Bom dia

Hoje resolvi depor a favor dele, assim sem mais...
Só porque esse amor não cabe mais em mim...

 - Sabia que tenho medo de trovão?
Ele me olha... tão lindo...tão doce...e me abraça:
- Eu também.

Eu só tenho paz quando ele está feliz.
Quando estamos juntos o silencio não incomoda,
E não há sequer uma roupa minha que não tenha o cheiro dele.
Ele é minha constelação,
Porque ele sabe que não preciso dele, nem ele de mim, simplesmente existimos um na vida do outro.
Eu o respeito tanto por ele ser quem é, por estar no mundo.
E porque ele odeia suco de abacaxi com hortelã se não sou eu quem faz...

Amo tanto, tanto que faz chover
E sei que quando eu conhecer ele terei certeza de que tudo que passei até hoje me fez ser a mulher ele esperava...