terça-feira, 1 de julho de 2008

Eu existo pra você?



Do alto de um abismo vejo o mar.
- Se eu pular vou morrer?
- Não. Eu nunca ia deixar você se machucar.
- Não acredito, os super heróis nunca ficam com a mocinha no final, sabia?
- Estou com você agora não estou?
- Eu sei...Só não sei por quanto tempo.
- O céu está lindo...Quando estou com você o sol brilha mais. Tenho até medo de olhar. Li em algum lugar que caso o ritmo de expansão depois do Big Bang fosse uma fração de milésimo de segundo mais lento nosso planeta teria se cozinhado nas vizinhanças do sol, e hoje seria apenas uma pedra tórrida circulando o astro.
- Foi sorte grande.
- Uma fração de milésimo de segundo!
- Muita coisa pode acontecer nesse tempo, não é?

- Sawabona Superman...
- Então eu existo pra você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carpe Diem,Tempus fugit.