sexta-feira, 6 de junho de 2008

Sobre luzes, sons e fantasmas



Que chuva é essa?
São 2:33 am
Quase te mandei uma mensagem. Eu sei que não pode.
Sabia que eu tenho medo de trovão?Perdi o sono.
Acho que foi o susto.
Olha...
Parei pra ouvir...
Lindo...Não quero mais esquecer
Primeiro a luz, depois o som que ecoa como uma onda quebrando, já tinha reparado nisso?
Reparei agora.
Eu já tinha lembrado de você, nem precisávamos falar em ondas, mas agora essa tempestade é o seu retrato.
A adrenalina ainda esta no meu corpo.
Me dá um abraço?
Silencio.

Agora cai uma chuvinha fraca.
Acabou.
Acho que foi um sonho

Vai ver que nem choveu essa noite...

Passo a mão ao meu lado na cama
É...
Você não está lá.

São 3:06 am.

4 comentários:

  1. Amiga adorei o texto!
    Eu também tive medo da chuva!
    Foi forte, né!
    :*****

    Obs: Talvez não seja só sonho!

    ResponderExcluir
  2. Fique tranquila Alice, o rosa não é um defeito, apenas minha opinião.
    Seus textos são densos e envolventes, aquele chamdo Insensatez me chamou muito a atenção.
    Foi bem ousado e descritivo, gostei mesmo.
    E sobre luzes, sons e fantasmas nós vagamos...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo lala...
    Adorei o desenho do post também...
    Te amo amiga!

    ResponderExcluir

Carpe Diem,Tempus fugit.